Está aqui

Oxigénio

O Oxigénio é um programa de promoção e defesa da natureza e da biodiversidade no concelho de Cascais, realizado através de ações de voluntariado. Entre 2008 e 2015, o Oxigénio já conseguiu envolver cerca de 17.500 voluntários neste tipo de ações.

O objetivo do Oxigénio é recuperar, manter e abrir à visitação um vasto território que une a costa atlântica ocidental acima do Guincho até à proximidade da vila de Cascais, passando pelas encostas da Serra de Sintra voltadas a Sul. São cerca 1300 hectares praticamente contíguos, que compreendem três grandes unidades de paisagem características do concelho: Litoral da Roca, Serra de Sintra e Abano-Penha Longa.

O Oxigénio compreende quatro formas de participação: "Dedique", "Envolva-se", "Comprometa-se" e "O Nosso Bosque".

DEDIQUE
Este é um presente original, já que permite dedicar árvores a quem nos é querido e, ao mesmo tempo, presentear a Natureza com a plantação de espécies autóctones do concelho de Cascais, contribuindo para a sua conservação. O DEDIQUE inclui um certificado com o número de árvores que estão a ser dedicadas e um postal comemorativo, em que pode ser escrita uma mensagem personalizada a quem recebe a oferta. A experiência pode tornar-se inesquecível se as pessoas envolvidas decidirem plantar as árvores dedicadas durante uma das ações do programa Oxigénio, que se realizam regularmente no Parque Natural de Sintra-Cascais e cujas datas estão disponíveis aqui. Este é um presente especial, que se perpetua por várias gerações.

As árvores do DEDIQUE pertencem a espécies autóctones, pelo que enriquecem a vegetação local e desempenham um importante papel na conservação da Natureza.

Clique AQUI para adquirir um kit DEDIQUE

ENVOLVA-SE
São ações de recuperação e conservação da natureza abertas à participação voluntária do público. As ações incluem plantação de árvores, proteção e recuperação dos solos, erradicação de espécies invasoras, limpeza e requalificação de ribeiras, limpeza de matos, etc. É uma oportunidade de as pessoas estarem em contacto direto com a natureza, em atividades que não costumam realizar no seu dia-a-dia. É também uma forma de promover a consciência ambiental.

Clique AQUI para saber as datas das próximas ações

COMPROMETA-SE
Este eixo de atuação destina-se às empresas, instituições, associações e demais entidades interessadas em cumprir as suas responsabilidades sociais e ambientais.
Cascais ajuda, assim, as entidades a compensarem as suas emissões de carbono e contribui para uma mudança progressiva de comportamentos ambientais entre os colaboradores destas instituições.
Através do COMPROMETA-SE, as empresas/instituições podem adotar um talhão Oxigénio, cuja manutenção ficará sob a sua responsabilidade durante cinco anos. Ali a entidade poderá realizar ações de team building com os seus colaboradores, envolvendo-os na gestão do espaço natural.
Já há mais de 30 empresas envolvidas nesta iniciativa e que fazem parte da Rede Oxigénio.

Para saber como participar, entre em contacto através do email oxigenio@cascaisambiente.pt.

O NOSSO BOSQUE
Transformar espaços naturais degradados em bosques é o objetivo deste eixo de atuação. Dirige-se a instituições públicas e privadas sediadas no concelho de Cascais, tais como associações ou grupos de moradores, escolas e empresas.
No âmbito desta iniciativa, a instituição adota uma zona urbana degradada, passando a ser responsável pela sua recuperação. Para tal, deve envolver os seus membros (trabalhadores, sócios, população) em trabalhos de limpeza, conservação dos solos, eliminação da vegetação exótica, regeneração de espécies arbóreas ou plantação de espécies autóctones. Todos os trabalhos são acompanhados pela equipa técnica da Cascais Ambiente.
O objetivo final é que o espaço degradado dê lugar a um bosque urbano que contribua para a melhoria da qualidade ambiental e de vida da população. Os bosques são elementos naturais de grande importância, na medida em que contribuem para purificar o ar, conservar os solos, regular o clima, eliminar a vegetação exótica e reduzir ameaças ambientais, nomeadamente incêndios. Servem ainda como refúgio para pequenos animais.
O primeiro “O NOSSO BOSQUE” está sob tutela da AMUCA - Associação de Moradores da Urbanização Casas do Adro e localiza-se na Rua António Machado, na Abóboda.
 Clique aqui para aderir a este projeto
 
Reportagem - ver

Linha Cascais

x

Fale connosco

800 203 186

Em rede