Está aqui

Plano de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas de Cascais

O Plano de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas – Cascais 2030, apresentado a 15 de setembro de 2017, identifica 13 medidas que integram um total de 80 ações a serem  implementadas no município, e que terão impacto imediato na segurança de pessoas e bens.

Este é um plano de ação de segunda geração – depois do Plano Estratégico de Cascais face às Alterações Climáticas (PECAC) de 2010 – o que permitiu atualizar os cenários climáticos esperados, reduzindo as incertezas associadas aos fenómenos naturais, o que é fundamental para orientar as estratégias e serviços da Autarquia para resultados eficazes. 

O Plano de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas – Cascais 2030 tem na sua génese uma inovação: teve como base um longo processo consultivo aos munícipes e técnicos de diversas instituições para a sinalização de prioridades nos projetos e ações a implementar.

O documento segue os princípios metodológicos do IPCC (Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas das Nações Unidas), por isso, será um dos primeiros a nível internacional a cumprir as orientações dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2030 (em particular do objetivo 13: Ação Climática).

A implementação das ações identificadas tem um custo de 11,5 milhões de euros, aos longo dos próximos 13 anos. Prevê-se ainda um modelo de gestão transparente e consultivo, onde as forças vivas do concelho serão capacitadas e envolvidas ao longo da implementação.

Veja  aqui o documento:

Linha Cascais

x

Fale connosco

800 203 186

Em rede