Está aqui

“SacOff”: Uma ideia para mudar o mundo

Terça, 14 Novembro 2017
Educação ambiental
Chama-se “SacOff” e visa sensibilizar os cidadãos para a reutilização de materiais de modo a diminuir a pegada ecológica. Integrado na Semana da Europeia da Redução de Resíduos, este projeto de educação ambiental dinamizado pela Cascais Ambiente e pelo St. Jullian’s School de Carcavelos contou com a parceria do Centro Comunitário da Paróquia da Parede.

Acompanhados pelos professores de Geografia e de Ciências da Natureza, os alunos do 7.º ano acolheram o desafio de reciclar camisolas sem uso para criar cerca de 200 sacos de pano reutilizáveis que irão distribuir no dia 23, no Mercado de Carcavelos, no âmbito da Semana da Europeia da Prevenção dos Resíduos.

“São sacos para as pessoas irem ao supermercado”, explica Inês Macedo, logo complementada pelo colega Diogo Abreu, de 12 anos: “É uma ideia que dá para mudar o mundo”, diz. “Estamos a reutilizar o que não se usa e, assim, não se polui, nem é preciso produzir mais”, acrescenta.

Orgulhosa em estar a transformar as camisolas sem uso em sacos que podem ser usados várias vezes, Laura Shiguti, de 11 anos acredita que, “assim, as pessoas deixam de usar sacos de plástico que acabam no mar e os peixes podem comer”. Apesar de jovem, Laura está plenamente consciente do problema do plástico nos oceanos e diz que não há desculpas para continuar a usar-se sacos de plástico: “qualquer pessoa pode fazer a diferença”, enfatiza.

Feliz por em sua casa já não haver lugar ao uso de sacos de plástico, em detrimento de sacos reutilizáveis grandes, Madalena Moitas reforça: “o saco de plástico polui muito”.

Foi, aliás, esse o ponto de partida deste projeto, como explica Maria Pinto, professora de Ciências Naturais. “Os alunos repararam que na zona envolvente à escola havia sempre muitos sacos a voar, porque as pessoas deixam sempre fugir sacos e os alunos notavam a quantidade de plástico que voa ali, tão perto do mar”, explica a professora. Daí a procurarem ideias para mudar este estado de coisas foi um saltinho e o Programa de Educação e Sensibilização Ambiental da Cascais Ambiente deu uma grande ajuda.

“Procurávamos ideias que podem mudar o mundo e, uma vez que eles se preocuparam com o plástico, esta foi a nossa escolha”, acrescenta Maria Pinto. Para a professora, a importância de projetos como estes “é os alunos perceberem a diferença que podem fazer com ideias muito simples, como reutilizar coisas que eram resíduos e podem ser utilizadas para um fim excecional. Neste caso incentivar as pessoas a usar menos sacos de plástico”.

Indo um pouco mais longe, Alexandre Vasconcelos, professor de Geografia, aponta para o facto de ao participarem nestes projetos, “os alunos aprendem que o nosso planeta é finito e que têm de ser muito racionais na utilização dos recursos”.

Em nome da Cascais Ambiente, Ana Rodrigues, acompanhou os alunos na sua ação de transformação que vai culminar, dia 23 de novembro, no âmbito da Semana Europeia da Prevenção dos Resíduos, com uma distribuição dos sacos de pano produzidos junto dos clientes do Mercado de Carcavelos. “Um dos grandes objetivos do Gabinete de Educação e Sensibilização Ambiental é apoiar todos os projetos da comunidade escolar ao nível da prevenção da produção de resíduos e que ajudem a compreender as vantagens da economia circular e dos quatro R’s: reduzir, reutilizar, recuperar e reciclar

Vitória Nunes foi a costureira de serviço e deu as suas ideias para fazer os sacos. “Foi um dia diferente, costumo estar aqui sozinha a fazer aventais e porta-chaves, tudo em tecido para vender aqui para ajudar o CCPP”. Estar perto das crianças foi um desafio para quem gosta “muito de ensinar” como fez questão de referir e ficou em aberto a proposta. “até posso ensinar a cortar e a fazer moldes. É só dizer!”

Linha Cascais

x

Fale connosco

800 203 186

Em rede